O suspeito estava foragido desde que cometeu o assassinato em 25 de janeiro deste ano

 

O suspeito foi encaminhado para o 51° BPM. Reprodução/Google Street View

 

R7
São Paulo

O gesseiro, de 47 anos, que estava foragido desde o dia 25 de janeiro foi preso na manhã desta segunda-feira (05). Após uma denúncia anônima, os policiais militares do 51° BPM (Batalhão da Polícia Militar) abordaram o suspeito na rua Melo Peixoto, no Tatuapé, zona leste de São Paulo.

Ele é acusado pela morte de sua esposa, a auxiliar de limpeza Susan Alan de Mendonça, de 43 anos. Ela foi encontrada morta por estrangulamento em sua casa, na rua Tenente Miguel José Pinheiro, no bairro Jardim Figueiredo, em Ferraz de Vasconcelos, região metropolitana de São Paulo.

PUBLICIDADE



 

Segundo a Polícia Militar, Susan foi encontrada pelos filhos com uma corda de nylon amarrada ao pescoço. Momentos antes do assassinato, Susan e o marido teriam brigado.

As brigas do casal não eram novidade para a polícia. Em 2014, Susan registrou um B.O. (Boletim de Ocorrência). Nesse estava anotada a ocorrência de violência doméstica, inúria e ameças do marido.

O preso foi encaminhado para a Delegacia de Homicídios de Mogi das Cruzes, onde a ocorrência será registrada.