Charles Otega, lotado no 4° Baep (Batalhão da Ações Especiais da Polícia), foi baleado no tórax e socorrido para o Hospital Santa Marcelina de Itaquera

R7 – São Paulo – Uma troca de tiros em Artur Alvim, na zona leste de São Paulo deixou três pessoas feridas nesta sexta-feira (4). Uma das vítimas foi identificada como o sargento Charles Otaga, preso em 2015 por torturar um suspeito de assalto — ele foi solto pela Justiça no mesmo ano.

Durante um patrulhamento na rua Estafano Filipini, em Artur Alvim, a PM (Polícia Militar) encontrou um carro envolvido em um roubo a residência. Ao longo da perseguição, os integrantes do veículo abandonaram o automóvel e fugiram a pé. Na fuga, houve troca de tiros. Dois dos suspeitos e o sargento da PM ficaram feridos.

Otega, lotado no 4° Baep (Batalhão da Ações Especiais da Polícia), foi baleado no tórax e socorrido para o Hospital Santa Marcelina de Itaquera, onde passa por cirurgia. Os outros dois suspeitos foram encaminhados a hospitais pelo Resgate.

O caso será registrado no DHPP (Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa).