Rua Dr. Campos Moura passará por transformação do espaço público

Projeto batizado de “Conviver Sub Penha” está na fase de consulta a população que circula pela região

05/05/2019 – 19:30


SÃO PAULO – A rua Dr. Campos Moura, onde fica a estação de Metrô Artur Alvim, na Zona Leste de São Paulo, vai receber ainda em 2019 uma proposta de transformação do espaço público, após ser selecionada em uma chamada aberta que envolveu as 32 Subprefeituras da capital paulista.

 

Em maio, já serão realizados os primeiros encontros com a comunidade local para garantir o envolvimento da população desde o início. O primeiro deles acontece na próxima terça-feira (7), às 18h30, na Escola Estadual Profª Maria Augusta Ávila, localizada à Rua Fernandes Pereira, 690.

Dessa forma, o perímetro escolhido pela Subprefeitura Penha será transformado para torná-lo mais atrativo e seguro para todos os usuários, priorizando a mobilidade a pé, em bicicleta e o transporte coletivo. Como consequência, espera-se obter um impacto positivo na saúde pública, na qualidade de vida dos moradores do entorno e no comércio local.

“O entorno do metrô Artur Alvim é uma das mais complexas os diferentes participantes do espaço público, existe ambulantes, comerciantes, carros, ônibus, usuários do Metrô, enfim, uma série de personagens aí que tem interesses diferentes no mesmo espaço. Esse projeto é de grande relevância, pois busca conciliar todas essas partes, sem valorizar ou prestigiar um mais que outro”, afirma o subprefeito da Penha, Thiago Della Volpi.

O projeto em Artur Alvim, batizado de “Conviver Sub Penha”, foi selecionado entre 15 propostas enviadas por Subprefeituras da capital paulista. Em setembro de 2018, a Iniciativa Bloomberg para Segurança Global no Trânsito (BIGRS) e a Secretaria Municipal das Subprefeituras começaram a trabalhar na ideia de implementar uma transformação de espaço público em uma localidade. Após uma série de oficinas e conversas junto a técnicos das Subprefeituras, foram avaliados aspectos como o alto fluxo de pessoas e a existência de espaços públicos
subutilizados, com potencial de mudança.

“A exemplo de intervenções urbanas realizadas em bairros como Santana e José Bonifácio, essa proposta envolve um processo intersetorial e participativo, inspirado em melhores práticas nacionais e internacionais. O objetivo é que seu desenvolvimento e implantação sirvam de referência para outros projetos na cidade”, afirma Hannah Machado, coordenadora de Mobilidade e Desenho Urbano da Iniciativa Bloomberg.

 

Foto: Divulgação Subprefeitura da Penha
Foto: Divulgação Subprefeitura da Penha

A Proposta de Transformação do Espaço Público é uma realização da Iniciativa Bloomberg para Segurança Global no Trânsito (BIGRS), Iniciativa Global de Desenho de Cidades (NACTOGDCI) e Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento (ITDP Brasil), por meio de acordo de colaboração firmado com a Prefeitura de São Paulo. A atividade tem o apoio da Secretaria Municipal de Subprefeituras.

Sobre a Subprefeitura Penha

Uma das subprefeituras mais antigas da cidade, que atende cerca de 500 mil habitantes (segundo o Censo 2010) e abrange os distritos de Artur Alvim, Cangaíba, Penha e Vila Matilde.

No último ano, a Sub Penha tem priorizado a revitalização de espaços públicos para melhor utilização de toda a população. Além de estreitar o contato entre a administração municipal e os munícipes com ações como o “Gabinete Transparente” e o “Sub Penha Esclarece”.

Sobre a Iniciativa Bloomberg para a Segurança Global no Trânsito

Capitaneada pela Bloomberg Philanthropies, a Iniciativa Bloomberg para Segurança Global no Trânsito atua desde 2015 em São Paulo no apoio a políticas de segurança viária baseadas em evidência, com o objetivo de reduzir lesões e mortes no trânsito. Além da capital paulista, a Iniciativa também está presente em outras nove cidades ao redor do mundo: Fortaleza (CE), Bogotá (Colômbia), Acra (Gana); Adis Abeba (Etiópia), Bandung (Indonésia), Bangkok
(Tailândia), Ho Chi Minh (Vietnã), Mumbai (Índia) e Xangai (China).

Sobre o ITDP

Fundado em 1985, o Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento (ITDP, da sigla em inglês para Institute for Transportation and Development Policy) é uma entidade sem fins lucrativos que promove o transporte sustentável e equitativo no mundo, concentrando esforços para reduzir as emissões de carbono, poluição atmosférica, ocorrências de trânsito e a desigualdade social.

Sobre a NACTO-GDCI

A Associação Nacional de Gestores de Transporte Urbano – Iniciativa Global de Desenho de Cidades (NACTO-GDCI, da sigla em inglês National Association of City Transportation Officials – Global Designing Cities Initiative) é uma associação sem fins lucrativos com sede em Nova York comprometida em elevar a prática do desenho de ruas e transportes ao redor do mundo, construindo uma visão comum, compartilhando dados e encorajando a mentoria e a
comunicação regular entre parceiros.

Serviço:

“Conviver Sub Penha – Rua Dr. Campos Moura”
Quando? 7 de maio (terça-feira), às 18h30
Local? Escola Estadual Profª Maria Augusta Ávila
Endereço: Rua Fernandes Pereira, 690, Artur Alvim.