Cracolândia tem confronto entre usuários e guardas, em São Paulo

Crcolândia - Leste Online
Avenida Duque de Caxias interditada, em São Paulo — Imagem: Reprodução

Agentes usaram bombas de efeito moral e balas de borracha durante tumulto. Frequentadores fecharam Av. Duque de Caxias

R7


SÃO PAULO — A Cracolândia, no centro de São Paulo, tem ruas interditadas após dependentes químicos e pessoas em situação de rua atearem fogo em objetos na tarde desta terça-feira (10).

Atualmente, o grupo está instalado na Praça Princesa Isabel, próximo à Avenida Duque de Caxias. No final de março, eles deixaram a antiga Cracolândia, entre a rua Helvetia e a Alameda Cleveland, no bairro de Campos Elíseos.



De acordo com a Guarda Civil Metropolitana, os usuários de drogas se incomodaram com a presença dos agentes, que estavam em patrulhamento. Por isso, passaram a lançar objetos em direção à equipe. Para contê-los, os guardas usaram bombas de efeito moral e balas de borracha.

Em protesto, os dependentes atearam fogo em objetos e colchões, interditando a Avenida Duque de Caxias em ambos os sentidos, segundo a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego).

A Polícia Militar também foi acionada para prestar apoio à GCM por volta das 13h04.

A SMSU (Secretaria Municipal de Segurança Urbana) ainda não havia se manifestado sobre a ação até a publicação desta reportagem.