Motoristas rejeitam proposta e marcam greve para terça-feira em São Paulo

Ônibus - Leste Online
Motoristas rejeitam proposta e marcam greve para terça-feira em São Paulo — Imagem: Fabio de Jesus/Leste Online

Sindicato que representa também os cobradores informou que nova reunião de negociação será realizada na segunda-feira (13)

R7


SÃO PAULO — Os trabalhadores em transportes do setor urbano de São Paulo mais uma vez rejeitaram nesta sexta-feira (10) a proposta apresentada pelo setor patronal.

Diante do impasse, o TRT (Tribunal Regional do Trabalho) agendou uma reunião conciliatória nessa próxima segunda-feira, dia (13). Os trabalhadores marcaram a greve para a terça-feira, dia 14, caso as reivindicações não sejam atendidas.



“Estamos indignados com a intransigência dos patrões que insistem em ignorar as reivindicações dos trabalhadores, que nada mais são do que um reajuste equivalente à inflação. afirmou o  presidente em exercício do sindicato, Valmir Santana da Paz (Sorriso) em divulgação feita pelo sindicato.

A categoria já havia marcado uma greve para a última segunda-feira (6), mas acabou desistindo de fazer a paralisação em razão de avanço nas negociações.

Inscreva-se em nosso canal do Telegram e receba atualizações em tempo real

Entre os pedidos dos trabalhadores estão o reajuste salarial de 12,47% mais aumento real, fim da hora de almoço não remunerada, participação nos lucros (PLR), fim do desconto no vale-refeição quando os trabalhadores entregam atestado médico e melhorias no plano de saúde.