Polícia prende grupo que usou uniforme da Polícia Civil para manter cerca de 10 pessoas reféns na Cidade Líder

Suspeito - Leste Online
Grupo usou roupa da Polícia Civil para abordar vítimas — Imagem: Reprodução

Bandidos levaram vítimas para dentro da casa, as obrigaram a ajoelhar e exigiram que desbloqueassem os celulares para fazerem transferências via PIX. A PM encontrou as pessoas de joelhos

g1


SÃO PAULO — Quatro bandidos foram presos usando o uniforme da Polícia Civil (colete, camiseta e algema) depois de fazer cerca de dez pessoas reféns, em uma casa em reforma no bairro da Cidade Líder, Zona Leste da capital paulista, na terça-feira (28)

Por volta das 11h, o grupo chegou à casa na rua Sol do Trópico, em um carro modelo Siena, veículo semelhante a uma viatura descaracterizada da Polícia Civil. Os bandidos também instalaram uma sirene e sinais luminosos no carro.

É possível ver, pelas imagens do circuito interno, quando os bandidos chegam com o carro e abordam as vítimas. Eles levam as pessoas para dentro da casa, as obrigam a ajoelhar e exigem que desbloqueiem os celulares para fazerem transferências via PIX. Um vizinho percebeu a ação dos bandidos e acionou a Polícia Militar.

Segundo Arnaldo Dutra, cabo da Polícia Militar, que participou da operação, ao chegar ao local, ele encontrou as dez pessoas de joelho e um homem com uma arma ameaçando o grupo. No momento em que a PM entrou na casa, dois conseguiram fugir, mas foram localizados próximos ao endereço.

Inscreva-se em nosso canal do Telegram e receba atualizações em tempo real

Foram apreendidas duas armas falsas, uma blusa, camiseta e colete com emblemas da Polícia Civil, uma algema, dois distintivos, duas toucas e o carro, que havia sido roubado em São Caetano do Sul.

Uma das vítimas (que não quis se identificar) disse ao g1 que foi a segunda vez que o grupo de bandidos agiu desta forma.

A primeira vez foi na sexta-feira (24), quando eles também chegaram vestidos com roupas da polícia e com um falso mandado de busca. Naquela ocasião, queriam roubar os computadores.

Nesta terça, eles aproveitaram que a casa estava sendo reformada e com o portão aberto, e entraram direto. Exigiram dinheiro, celulares e o computador.

Os bandidos foram encaminhados ao 53ºDP (Parque do Carmo), onde foram autuados por roubo e associação criminosa.