Homem de 39 anos foi queimado na madrugada deste domingo (5) e seu estado é grave. Caso é investigado como lesão corporal

G1
05/01/2020


Incêndio Mooca - Leste Online

Imagens feitas por moradora de prédio mostram fogo em morador de rua e chegada do resgate em São Paulo — Foto: Arquivo Pessoal

SÃO PAULO — Um morador de rua de 39 anos sofreu queimaduras enquanto dormia na madrugada deste domingo (5) no bairro da Mooca, na Zona Leste de São Paulo. A Polícia Civil investiga se o incêndio foi criminoso.

O homem foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros com queimaduras de segundo e terceiro graus por volta da 1h, na Rua Celso de Azevedo Marques. Ele foi levado ao Hospital Tatuapé com ferimentos nas pernas, costas, tórax e rosto. Segundo a polícia, ele está internado em estado grave.

Segundo bombeiros, há indícios de que o incêndio tenha sido criminoso porque foi encontrado um galão de gasolina no local. O recipiente foi apreendido e passará por perícia no Instituto de Criminalística (IC).

Uma imagem obtida pela polícia mostra uma pessoa vestida de preto se aproximando do local onde o morador de rua dormia, segundo o delegado que investiga o caso. Em seguida, há o que parece ser uma explosão e a pessoa vai embora.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), o caso foi registrado como lesão corporal no 56º Distrito Policial, da Vila Alpina, mas será investigado pelo 18º DP, do Alto da Mooca.

De acordo com o boletim de ocorrência, o morador não soube informar como sofreu as queimaduras, já que o incêndio foi iniciado enquanto ele estava dormindo na via.

Mais em Leste Online

4 Comentários

  1. É o fascismo avançando, pode apostar que o incendiário é bolsonarista

    1. Que comentário infeliz, melhor ser mudo do que ter uma língua que fala asneira.

    2. Eu tbm tenho certeza que o incendiário é bolsonarista!!!

  2. Com certeza é coisa de fascista

Deixe uma resposta para Eliana Melo Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Notícias