No depoimento o homem afirmou que agredia o filho com frequência porque não conseguia dormir direito com o choro da criança

 

Foto: Reprodução

 

Na madrugada dessa terça-feira (04) um homem foi preso por espancar e matar o filho, de 8 meses, no Recanto Mônica, em Itaquaquecetuba.

Ele foi preso no seu local de trabalho em Arujá. Após ser detido, ele confessou aos policiais que agredia o filho com frequência, sempre com mordidas e pancadas, pois, não conseguia dormir direito, segundo ele, a criança chorava muito.

A criança foi levada às pressas pela mãe ao Hospital Santa Marcelina em Itaquaquecetuba com marcas de mordidas e diversos hematomas pelo corpo, ela chegou a ser atendida, mas, faleceu em seguida. Os funcionários suspeitaram que a criança teria sofrido maus-tratos e contataram a Polícia Militar.


A mãe da criança chegou a ser detida, mas, disse que não sabia que a criança vinha sofrendo as agressões. O outro filho da mulher, de apenas 5 anos, presenciava os ataques contra o irmão. Disse que o bebê era sempre arremessado ao chão, levava socos e tapas e mordidas.


* Com informações do Diário de Suzano/DS.