Os Amigos Solidários estão se tornando conhecidos graças as redes sociais, e recebe pedidos de ajuda de outros estados, como a Bahia, muitas vezes os mesmos são atendidos

Johnny Morais
15/09/2020


Amigos Solidários - Leste Online

Projeto social realiza evento em datas especiais na Zona Leste – Imagem: Divulgação/Amigos Solidários

SÃO PAULO — “Se Deus permitir, quero ajudar muita gente ainda”. As palavras são de Gustavo Santos, um jovem morador da Zona Leste, criador do Projeto Amigos Solidários, que assiste famílias carentes da região de São Mateus.

Criado em 2016, o projeto existe para levar alimento e um pouco de alegria para as pessoas atendidas.

Santos diz ter criado o projeto por influência de sua mãe, que trabalha em um albergue e vê de perto a vivência miserável de pessoas que não tem nem ao menos um lar.

Sem um local adequado para que pudessem preparar com mais tranquilidade as refeições e montar as cestas básicas, os dois resolveram fazer tudo em sua própria casa, começaram ajudando moradores de rua servindo marmitex, depois tomaram iniciativas para organizar eventos e doações em datas especiais como a páscoa, natal ou dia das crianças.

Com o tempo as doações começaram a se intensificar, e surgiram também voluntários dispostos a fazer parte do time dos Amigos Solidários. O projeto passou a atender ainda, instituições, comunidades, asilos e orfanatos.

Porém, ainda é grande a dificuldade e falta de recursos para “dar conta do recado” — o projeto não recebe nenhum tipo de ajuda governamental ou empresarial, contam apenas com a colaboração de amigos, familiares e de páginas de grande alcance nas redes sociais, como a Jornalistas Livres e o Leste Online.

Gustavo Santos - Leste Online

Gustavo Santos, criador do projeto Amigos Solidários – Imagem: Divulgação

Gustavo não ganha nenhum recurso financeiro, mas se diz realizado e muito feliz em poder ver o sorriso no rosto de pessoas tão carentes, e que tanto necessitam de ajuda. Ele diz ainda que “se Deus permitir, quer ajudar muita gente”.

Os Amigos Solidários estão se tornando conhecidos graças as redes sociais, e recebe pedidos de ajuda de outros estados, como a Bahia, muitas vezes os mesmos são atendidos.

Por conta da pandemia do novo coronavírus, a demanda subiu muito e o projeto precisa de toda ajuda necessária para continuar atendendo as famílias carentes.

Gustavo tem todo um carinho ao organizar as cestas para distribuição, em muitas delas até álcool em gel é oferecido as famílias. Ao todo cem famílias são assistidas pelo programa, mas a demanda é grande e por isso eles pedem doações. 

Conheça o projeto acessando página dos Amigos Solidários nas redes sociais.

Para doar entre em contato com Gustavo através do telefone (11) 94845-6975

Mais em Leste Online

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Notícias