Ciclofaixa utilizará o canteiro central, onde será feita a remodelação da pista, pintura e colocação de tachões

Gazeta Virtual
03/01/2020


Ciclovia - Leste Online

Ciclovia da Radial Leste será estendida até o Pq. Dom Pedro II – Foto: Reprodução/Grupo Leste

SÃO PAULO — A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes (SMT), anunciou o novo Plano Cicloviário da cidade. Assim, serão 173 quilômetros de novas conexões (integração da malha) e 310 quilômetros de reformas e melhorias em estruturas já existentes. De acordo com a secretaria, a malha cicloviária se tornará mais segura, de melhor qualidade e focada em mobilidade, além de ter menor custo com sinalização. Além disso, o projeto também prevê 12 quilômetros de remanejamentos, considerando as particularidades do viário, a segurança dos usuários e a fluidez no trânsito. Aliás, nenhum quilômetro será retirado.

Investimento

Ao mesmo tempo, o investimento no Plano Cicloviário será de R$ 325 milhões e virá acompanhado de um projeto de recapeamento de R$ 250 milhões. Sendo assim, a cidade passará dos atuais 503 quilômetros para 676 quilômetros em 2020, visto que 73% dessas estruturas se interligarão ao transporte coletivo.

Novas Conexões

A definição das novas conexões foi feita após uma análise técnica com o objetivo de ligar diferentes modais, permitindo que o início e o fim de um deslocamento sejam realizados por bicicleta. Desse modo, também foram preservadas a capacidade de fluxo da via e a quantidade de pistas ocupadas por automóveis.
Ademais, a ciclovia da Radial Leste, por exemplo, que atualmente liga as estações Itaquera e Tatuapé do Metrô, ganhará 5,7 quilômetros de conexão passando a chegar até o Parque Dom Pedro II. Decerto, as novas conexões vão permitir que a população passe a acessar de forma mais fácil terminais de ônibus, trens, metrô, bibliotecas, escolas, parques e postos de saúde.

Radial - Leste Online

A nova ciclofaixa vai ocupar o canteiro central da avenida, numa extensão de 5,7 quilômetros – Foto: Reprodução/Grupo Leste

Reformas e melhorias

Todavia, o modelo antigo contemplava sinalização do solo com tinta comum, aplicação de tachão a cada dois metros e obras apenas em ciclovias. Por outro lado, o modelo adotado pelo Plano Cicloviário traz mais segurança e qualidade para os usuários com sinalização com tinta antiderrapante e aplicação de tachão a cada metro. Além disso, serão feitos: manutenção de guias e sarjetas, manutenção de drenagem, reconstrução de canteiro, fresa e recapeamento. Aliás, o valor médio corrigido do gasto com sinalização no modelo anterior foi de R$ 222 mil por quilômetro, enquanto no atual será de R$ 140 mil.

Paraciclos

Depois, será criada uma estrutura em equipamentos públicos da cidade, para que os ciclistas tenham onde deixar suas bicicletas. Por certo, nos próximos dias o prefeito Bruno Covas assinará decreto para instalação de 1.000 pontos de paraciclos.

Compensações

Por conseguinte, o Plano Cicloviário prevê o remanejamento de 12 quilômetros de ciclofaixas e ciclovias. Em contrapartida, todo quilômetro retirado, será compensado. Nesse sentido, para as estruturas remanejadas avaliou-se a falta de integração com outros modais de transporte, equipamentos públicos e a própria malha já existente.

Mais conexões

Assim, a Rua Professor Gustavo Pires de Andrade, na Vila Prudente, é um exemplo. Ao propósito de não ter ligação adequada com a rede existente, a estrutura desta via será excluída e serão construídas conexões na malha cicloviária nas avenidas Professor Luís Inácio de Anhaia Mello e Dr. Francisco Mesquita, chegando até o Terminal Sacomã.

Critérios de remanejamento

Do mesmo modo, para o remanejamento, a secretaria está utilizando os seguintes critérios: não haver integração com transporte público e outros modais, não conectar a equipamentos públicos (parques, escolas, unidades de saúde) e baixa utilização, considerando tempo de existência da ciclofaixa. Além disso, o uso indevido pela baixa utilização (carros estacionados, comércio ilegal) e não fazer conexão com a malha já existente. A Prefeitura avisou que todo quilômetro retirado será compensado na malha.

Informações sobre as ciclofaixas

A lista das obras já concluídas, previstas e em andamento pode ser acompanhada no site www.cetsp.com.br ou no link: https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/upload/transportes/LISTA%20DE%20CONEXOES%20(1).pdf.

Mais em Leste Online

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em São Paulo