Polícia e Vigilância Sanitária flagram festa na Penha com aglomeração; 200 pessoas são detidas

Festa - Leste Online
Polícia e Vigilância Sanitária flagraram festa na Zona Leste de SP com 200 pessoas na madrugada deste sábado (6) — Foto: Divulgação

O flagrante aconteceu após uma denúncia. Segundo o delegado, a festa estava programada para receber 1.500 pessoas. Também foram apreendidas drogas

G1


SÃO PAULO — A Polícia Civil e agentes da Vigilância Sanitária flagraram uma festa clandestina com cerca de 200 pessoas na madrugada deste sábado (6) na Zona Leste de São Paulo. Todos foram detidos. Também foram apreendidas drogas.

O flagrante aconteceu após uma denúncia. Segundo o delegado, a festa estava programado para receber 1.500 pessoas. A ocorrência aconteceu na Avenida Amador Bueno da Veiga, 4879, no bairro Penha.



Todo o estado de São Paulo entra neste sábado (6) na fase vermelha do plano São Paulo para conter o avanço do número de casos e mortes provocadas pelo novo coronavírus.

Festas e aglomerações estão proibidas e se tornaram a principal preocupação da Vigilância Sanitária para conter avanço da Covid-19. No final de fevereiro, a Vigilância Sanitária interditou um bar na Zona Norte da capital depois de três autuações em menos de dois meses no mesmo local.

A fase vermelha autoriza apenas o funcionamento de setores da saúde, transporte, imprensa, estabelecimentos como padarias, mercados e farmácias, além de escolas e atividades religiosas, que foram incluídas na lista de serviços essenciais por meio de decretos estaduais. Parques, academias, bares, museus e cinemas, por exemplo, deverão permanecer fechados.

O governador, João Doria, (PSDB), anunciou que a fase restritiva da quarentena deve permanecer até o dia 19 de março.

Apreensão festa - Leste Online
Drogas apreendidas pela polícia durante festa na Zona Leste de SP na madrugada deste sábado (6) — Foto: Divulgação
pt_BRPortuguese