Notícias

Sargento da PM foi morto pelo amante da mulher, diz polícia

Amante, irmão e mulher estão presos após ela denunciar suposto latrocínio

Sargento Jairo Dutra foi executado quando descia do carro em Sapopemba. Créditos: Reprodução

O sargento aposentado Jairo Dutra de Moraes, 47 anos, morreu após ser baleado na noite de terça-feira (5) na avenida Sapopemba, na zona leste. O caso, a princípio, foi conduzido como roubo seguido de morte, mas investigações feitas pelo Deic (Departamento Estadutal de Investigações Criminais) apontam que o crime foi cometido pelo amante da mulher da vítima.

Ana Paula Dutra de Moraes e os irmãos Emerson e Jefferson Rodrigues da Silva, suspeitos da autoria do crime, estão presos.

Jefferson admitiu ter matado o policial. Os irmãos alegaram que o militar aposentado teria descoberto o relacionamento e estaria ameaçando a família do amante. Os três teriam avaliado a situação e optado por matar o marido como forma de se livrarem das ameaças.

Ana Paula tentou negar a participação no crime, mas depois admitiu saber da ação. Segundo ela, o objetivo era dar um susto e não matar.  “Era uma maneira de justificar os tiros. Ela alegava que os autores teriam descoberto durante o roubo se tratar de um policial e por isso atiraram”, disse o delegado Rogério Barbosa, titular da 1ª delegacia de investigações sobre roubos e latrocínios, que investiga o caso.
Fonte: R7
__publicidade__



Mais em Leste Online

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Notícias