Ataques acontecem geralmente à noite nos faróis, as vítimas relatam que os bandidos atacam  armados. Eles se escondem nos matos às margens do rio

 

Vítima relata assalto na Av. Gamelinha, zona leste. Foto: Reprodução / Facebook.

 

Motoristas que trafegam pela Av. Professor Edgar Santos, mais conhecida como Gamelinha, estão reclamando dos frequentes assaltos na região.

Segundo relatos, os assaltantes se escondem às margens do rio e, quando o farol fecha, eles atacam. A Sandra [nome fictício], contou a reportagem que na semana do dia 10 de julho seu cunhado foi assaltado na avenida, ela diz que uma mulher que dirigia um carro à frente também foi vítima dos suspeitos.

“Eles ficam escondidos nos matos do rio, geralmente estão em 4 ou 6 moleques” – relata. As ações dos criminosos acontecem nos faróis das esquinas com as ruas Erasmo Mader e Doutor Nelson Madureira.

Testemunhas dizem que eles se dividem em dois grupos, uns atacam pelo lado direito e os outros pelo lado esquerdo do rio.

“Muito cuidado nos faróis da Gamelinha, fomos assaltados hoje às 20h por 6 […], todos armados, arrastão mesmo. Pegaram o carro da frente e o nosso. Levaram carteiras, documentos e celulares” – relata uma outra vítima em uma rede social.

Em nota a Secretaria de Segurança Pública (SSP), diz que o 65º DP, que é responsável pela área, realiza constantes ações na região visando a diminuição dos crimes e prisão dos autores.

Após investigações houve a prisão e apreensão de 76 pessoas e três armas de fogo. A pasta menciona ainda que a maioria dos crimes é praticado por adolescentes, desta forma foram encaminhados pedidos de busca e apreensão dos menores à Vara da Infância e Juventude.

Leia abaixo a nota na íntegra da SSP

O 65º DP, delegacia responsável pela área mencionada na reportagem, realiza ações constantes na região visando a diminuição dos crimes contra o patrimônio e a prisão dos autores. O trabalho investigativo possibilitou a prisão e apreensão de 76 pessoas e apreensão de três armas de fogo.

A maior parte dos crimes na região é praticada por adolescentes. Desta forma, foram encaminhados pedidos de busca e apreensão desses menores à Vara da Infância e Juventude. Um dos adolescentes atingiu a maioridade recentemente, sendo identificada a sua participação em dois roubos de veículos na via. A autoridade policial requisitou por sua prisão temporária, que foi concedida pela Justiça.

No mês de julho, dois crimes foram registrados na delegacia. É importante que as vítimas efetuem o registro das ocorrências, para que as polícias possam investigar os casos.

São Paulo, 27 de julho de 2018

 

* Foto em destaque: Reprodução / Google Street View