PM prende na Zona Leste, quadrilha que aplicava golpes pela internet

Criminosos compravam produtos e encaminhavam comprovantes de pagamentos falsos. Depois, mercadorias eram revendidas

12/09/2019 – 12:34


 

Grana - Leste Online
PM apreendeu 3,6 mil reais com os suspeitos. Foto: Pixabay

 

SÃO PAULO — A Polícia Militar prendeu quatro homens, entre 21 e 31 anos, na madrugada de terça-feira (10), por aplicarem golpes em pessoas através de sites de compras. A maior parte dos criminosos foram detidos no Jardim Lourdes, na Zona Leste da Capital.

Uma equipe da PM realizava patrulhamento pela região quando avistaram um Hyundai/HB20 com três indivíduos em atitude suspeita. O veículo foi abordado e com o trio foram localizados R$ 3,6 mil. Questionados, os rapazes contaram que o dinheiro seria o pagamento de uma venda realizada em Osasco.

Posteriormente, um dos homens confessou aplicar golpes na internet. Ele afirmou aos PMs que comprava produtos de pessoas e, em seguida, encaminhava um comprovante falso de pagamento para revender as mercadorias por meio de aplicativos. Indicou, ainda, o local que parte desses produtos estariam escondidos.

No endereço denunciado, na rua Francisco Gil de Araújo, os policiais abordaram um GM/Corsa cinza que era conduzido por um outro suspeito. Questionado sobre sua relação no esquema criminoso, o homem confessou a participação nos golpes e permitiu a entrada da equipe em sua residência – local onde as mercadorias eram armazenadas.

No local foram apreendidos sete celulares, 11 rodas e quatro calotas de veículos, um drone, cinco máquinas de lavar, uma televisão, um computador, 10 moldes para fabricação de chilenos, um freezer e quatro óculos, além da quantia de R$ 1,3 mil.

Os objetos e os veículos foram apreendidos e encaminhados à perícia. O grupo foi preso em flagrante e levado ao 68° Distrito Policial (Lageado), onde o caso foi registrado como furto qualificado, receptação e associação criminosa.

Uma das vítimas, de 49 anos, compareceu à delegacia e reconheceu alguns dos produtos como de sua propriedade.