Morador de São Mateus é o primeiro paciente a morrer a espera de leito de UTI na cidade de SP

UTI - Leste Online
Morre na cidade de São Paulo o primeiro paciente à espera de leito de UTI - Imagem: Reprodução/RecordTV

Informação foi confirmada pelo prefeito Bruno Covas nesta quinta-feira (18), o que indica colapso na rede de saúde da capital

R7


SÃO PAULO — O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), confirmou nesta quinta-feira (18) a morte do primeiro paciente com covid-19 na capital paulista à espera de um leito de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), o que indica o colapso da rede de saúde na cidade.

A vítima foi um morador de São Mateus, na Zona Leste de São Paulo. Segundo a prefeitura, não foi por falta de atendimento, mas pela demora na transferência para uma UTI.

A fila por leitos na cidade tem 395 pessoas e a taxa de ocupação das UTIs está em 88%.



Desde segunda-feira (15), todo o estado está na fase emergercial, com restrições ainda mais rígidas, para tentar conter a propagação do novo coronavírus. Apenas serviços essenciais podem funcionar e com horário reduzido. Também está em vigor o toque de recolher entre 20h e 5h.

Fique sempre bem informado sobre o que acontece na Zona Leste de São Paulo e região, inscreva-se em nossos canais do Telegram e do WhatsApp.
Siga nossas redes sociais no Facebook, Instagram, Twitter e YouTube

 

pt_BRPortuguese