Seguranças e porteiro de condomínio são presos suspeitos de matar idosa na Zona Leste

Crime teria sido motivado por dívida; delegado diz que há provas suficientes da autoria e até conversas dos três suspeitos no celular combinando o assassinato da aposentada

G1
21/11/2019 – 07:10


Casa revirada - Leste Online
Casa de idosa foi revirada por bandidos 15 dias antes dela ser estrangulada — Foto: Arquivo Pessoal

SÃO PAULO — A Polícia Civil prendeu três suspeitos da morte de uma aposentada, na Zona Leste de São Paulo, na noite desta terça-feira (19). O corpo dela foi encontrado nesta segunda-feira (18) com sinais de estrangulamento no apartamento onde morava.

O delegado do 70º DP (Sapopemba), responsável pelo inquérito, solicitou a prisão temporária dos dois seguranças e do porteiro para esclarecimento dos fatos. Eles foram levados para a carceragem do 2º DP (Bom Retiro).

Parentes e vizinhos disseram que a aposentada emprestava dinheiro a juros e teria emprestado R$ 65 mil ao porteiro para quele ele concluísse uma negociação imobiliária. O delegado disse que há provas suficientes da autoria e até conversas dos três no celular combinando o assassinato da aposentada.

Há quinze dias, o apartamento da Dona Ivani Aparecida foi revirado. Ela gravou um vídeo para o filho dizendo que dinheiro, relógios e joias haviam sido roubados e que suspeitava de alguém do condomínio.